Início RJ Cantor gospel baleado em Duque de Caxias pode ter sido confundido com...

Cantor gospel baleado em Duque de Caxias pode ter sido confundido com policial

Elyon Sosthenes continua internado em coma induzido em hospital. Polícia Civil identificou autor do disparo e busca informações para auxiliar na prisão.

20
0

A Polícia Civil identificou o autor do disparo contra o cantor gospel Elyon Sosthenes em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e investiga se Sosthenes foi baleado por ter sido confundido com um policial. Elyon está internado em coma induzido e seu estado de saúde é considerado grave.

Segundo a investigação da 62ª DP (Imbariê), Elyon estava voltando para casa depois do serviço como motorista de um aplicativo de transporte. Ao perceber que estava sendo seguido, pouco antes de chegar em casa, ele ligou para a esposa para tentar fazer com que a porta fosse aberta rapidamente.

No momento da abordagem,o celular ficou ligado, o que fez com que sua esposa pudesse ouvir o que os criminosos diziam:

“Você é polícia? Qual seu nome? Onde está seu celular ?”

Poucas horas após o ocorrido, policiais da 62ª DP conseguiram identificar Natalício Santos Sardinha, conhecido como Bola, de 37 anos, como o homem que disparou na cabeça de Elyon.

Segundo a investigação, Bola estava fazendo a segurança contra o trabalho da polícia próximo à favela Parada Angélica, onde ocorria um baile funk. O veículo de Elyon pode ter sido confundido com um carro descaracterizado da polícia.

Natalício tem passagens por roubo majorado, uma por latrocínio consumado e duas por tráfico e associação para o tráfico de drogas, além de um mandado de prisão em aberto. O delegado titular da 62ª DP, Tullio Pelosi, pediu a prisão de Bola pelo crime contra Elyon.

Família conta drama

Elyon Sosthenes foi baleado em assalto a carro em Imbariê, em Duque de Caxias.  — Foto: Reprodução/Redes sociais

Elyon Sosthenes foi baleado em assalto a carro em Imbariê, em Duque de Caxias.

O irmão de Elyon, Thiago, contou ao RJ1 como a família está passando por este momento em que o cantor gospel está em coma induzido. Segundo ele, a esposa da vítima está muito abalada.

“A esposa do Elyon está num estado muito delicado, está muito sensibilizada. Tem sido muito difícil para a família, ainda mais para ela”, contou ele.

Thiago, no entanto, disse que há esperança na melhora do estado do irmão.

“O que a gente pode perceber é que 10% desses casos sobrevivem. Ele tem melhorado progressivamente, e esse é um bom resultado para saber o que fazer com a equipe médica”.