Início RJ Prefeitura do Rio faz operação e flagra ônibus que não param para...

Prefeitura do Rio faz operação e flagra ônibus que não param para idosos

Shoppings, rodovias e farmácias recolhem itens de frio.

22
0

A Secretaria Municipal de Transportes fez nesta quinta-feira (11) uma ação para punir motoristas de ônibus que não respeitam a Lei da Gratuidade. O RJ1 acompanhou um dos locais da operação. Na Rua Conde de Bonfim, na Tijuca, Zona Norte do Rio, muitos coletivos passaram direto quando idosos fizeram sinal.

As idosas Rosa Copolilo Coelho, Sandra Mairink de Souza, Marlene Araújo Braga e Maria da Glória Rurnes Lois tentaram embarcar em pelo menos dois ônibus, que as ignoraram.

O que os condutores não sabiam é que as quatro participavam da ação da prefeitura. Fiscais da secretaria que estavam na parada seguinte eram avisados e mandavam o ônibus infrator parar.

Na “blitz”, os motoristas fujões tomaram uma bronca do secretário de Envelhecimento Saudável, Filipe Michel, e foram multados em quase R$ 2 mil.

“A região da Grande Tijuca foi a que bateu recorde de reclamações. A população precisa reclamar no 1746 para nos direcionar para o maior índice dessas reclamações”, disse o secretário.

Para as idosas, é comum esperar muito tempo para conseguir pegar um ônibus. Marlene conta que já ficou cerca de meia hora esperando ônibus, que não parava para ela. Sandra diz que os motoristas não param quando veem muito idoso no ponto.

“Geralmente quanto tem mais gente jovem eles param”, disse Sandra.

A linha 410 (Saens Peña-Gávea) é a campeã de reclamações do 1746, o canal da prefeitura. Foram 50 denúncias só no mês de junho. Muita gente não registra o descaso, mas é importante reclamar.

A empresa Transurb S/A disse que essas situações não são admitidas pela empresa em hipótese alguma. E informou que vai apurar com rigor os fatos.

Perna quebrada no BRT

No BRT, o problema também é na hora do embarque – mas ali o risco é se machucar. Relatos de acidentes com passageiros são comuns. No dia 4 de julho, a eletricista Maria José Vieira dos Santos quebrou a perna ao ser empurrada na Estação Alvorada, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste.

A perna da passageira ficou presa entre o ônibus e a plataforma. Ela recebeu ajuda de funcionário do BRT e foi direto para um hospital, de onde ficou internada. Ela teve alta na quarta-feira (10), depois de colocar nove parafusos de aço na perna.