Início MG Sala de prevenção à violência doméstica é inaugurada em Uberlândia

Sala de prevenção à violência doméstica é inaugurada em Uberlândia

O atendimento será realizado, inicialmente, por agentes da PM para que seja gerado o registro da ocorrência.

22
0

Foi inaugurada nesta sexta-feira (12) a sala de prevenção à violência doméstica na sede do 17º Batalhão da Polícia Militar (PM), em Uberlândia. A iniciativa é mais uma forma de tentar impedir que crimes desta natureza aumentem na cidade.

A sala foi criada com objetivo de prestar atendimento humanizado às vítima que vão denunciar o crime. O atendimento será realizado, inicialmente, por agentes da PM para que seja gerado o registro da ocorrência. Depois disso, uma equipe de prevenção à violência doméstica apresentará o programa e fornecerá informações sobre os procedimentos dos serviços que serão prestados.

De acordo com o comandante da 9ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp), tenente coronel Cláudio Vitor, o espaço vai oferecer um ambiente mais acolhedor a essas pessoas que procuram atendimento em momentos de vulnerabilidade. “O objetivo é acolher e dar condição de atendimento em um ambiente adequado para que as vítimas relatem com confiança suas aflições”, disse.

“A coleta da prova inicial é muito importante para instruir tanto as investigações quanto as ações penais. O primeiro contato será realizado com a coleta do depoimento para que seja gerado o registro de ocorrência”, explicou o promotor de Justiça do Ministério Público, Ricardo Mazini Basseto, ao se referir à importância da criação da sala.

A cerimônia de inauguração contou com as presenças do comando da Polícia Militar na região, representantes da Prefeitura de Uberlândia, do Ministério público e outras autoridades.

Dados

De acordo com dados fornecidos pela Polícia Militar, em Uberlândia foram registrados no primeiro semestre de 2018, 1.616 ocorrências relacionadas à violência doméstica. Em 2019, no mesmo período, foram registradas 1.901 ocorrências, o que corresponde a um aumento de 17% de um ano para outro.