Início ES Mais um servidor do Detran é preso em operação do MP, no...

Mais um servidor do Detran é preso em operação do MP, no ES

Operação Replicante apura esquema que envolvia despachantes, pessoas que falsificavam os documentos e entregavam a esses despachantes, e funcionários do Detran.

166
0

Mais um servidor do Departamento de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) foi preso durante a Operação Replicante, do Ministério Público Estadual (MPES) nesta segunda-feira (12). Na ocasião, uma pessoa que seria intermediária de um esquema milionário também foi detida.

De acordo com o MP, dois mandados de prisão temporária e de busca e apreensão foram cumpridos nesta manhã em Marataízes e em Itapemirim.

O MP-ES informou que os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Vila Velha em continuidade às investigações da operação, que foi deflagrada no dia 1º de agosto, quando houve a prisão de 10 pessoas.

Operação Replicante

A operação apura a existência de uma organização criminosa destinada à prática de fraudes em registros de veículos no Estado do Espírito Santo, mediante inserção de dados e documentos falsos no sistema do Detran-ES. Estão sob investigação 895 registros de veículos — uma fraude estimada em mais de R$ 100 milhões.

As investigações revelaram provas de fraudes no registro de veículos em nome de mais de 400 proprietários “laranjas”, com utilização de notas fiscais falsas contendo números de chassis correspondentes a veículos exportados ou comercializados ao Exército Brasileiro, bem como corrupção de servidores públicos do Detran-ES.

Para o Ministério Público, os criminosos cometiam a fraude para:

  • Mostrar legalidade de veículos que sejam produto de outros crimes (“esquentar veículos roubados/furtados”);
  • Praticar estelionatos contra seguradoras, fazendo comunicação falsa de crime para recebimento do prêmio (“golpe do seguro”);
  • Realizar financiamentos de veículos inexistentes (“golpe do financiamento”);
  • Realizar alteração de característica de veículo (“inserção irregular de eixos”).