Início ES Rodoviários fazem paralisação e ônibus não circulam na Grande Vitória

Rodoviários fazem paralisação e ônibus não circulam na Grande Vitória

Os trabalhadores protestam contra os ônibus que começariam a circular nesta segunda-feira (12) sem cobrador. Os rodoviários afirmam que podem haver demissões; governo nega.

159
0

O capixaba enfrenta nesta segunda-feira (12) uma paralisação de ônibus na Grande Vitória. Os terminais amanheceram vazios. Apenas algumas linhas foram vistas nas ruas. Cerca de 400 mil pessoas são transportadas diariamente no Sistema Transcol.

Mesmo com a determinação da Justiça, que obriga a circulação de 75% da frota, muitos coletivos não saíram das garagens. O Sindicato dos Rodoviários (Sindirodoviários) diz que desconhece essa decisão.

Uma assembleia da categoria será realizada às 16h desta segunda e, em reunião, os participantes vão decidir se encerram ou não o movimento.

Motivação

Os rodoviários protestam contra os ônibus que começariam a circular nesta segunda-feira sem cobrador. Os rodoviários afirmam que podem haver demissões; o governo nega.

Ainda não há previsão para o fim do protesto. Os rodoviários se reúnem na tarde desta segunda para discutir os rumos da paralisação. Eles afirmam que não aceitam as demissões de cobradores.

“O Sindirodoviários está apoiando a categoria de cobradores. Eles vão fazer uma assembleia hoje às 16h no Centro de Vitória, onde vamos orientar e discutir sobre a liminar da paralisação, sobre o que deve ser cumprido. Eu tenho uma reunião agora às 11h com a Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop), mas ainda não tenho como confirmar o que vai ser discutido. O que está acontecendo é que a categoria dos cobradores está à frente do movimento e o Sindirodoviários está do lado, orientando”, disse o presidente do sindicato, José Carlos Sales.

Muitos coletivos não saíram da garagem na Grande Vitória  — Foto: Diony Silva/ TV Gazeta

Muitos coletivos não saíram da garagem na Grande Vitória.

Terminais

Os terminais de ônibus amanheceram vazios. Eles tinham poucos passageiros, já que muitos deles não conseguiram chegar aos terminais.

No Terminal de Jardim América, em Cariacica, por exemplo, poucos ônibus foram vistos saindo do local, quase sem passageiros.

“Eu cheguei aqui umas 4h40 de carona com meu esposo, mas deparei com essa situação. Eu estou esperando dar 7h30 para ligar para o meu trabalho para virem me buscar”, disse uma passageira.

A Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb/ES) informou que os terminais não estão fechados, mas que o sindicato não está cumprindo o mínimo exigido pela Justiça. A multa em caso de descumprimento é de R$100 mil por dia.

“Os ônibus não estão chegando para transportar os passageiros e na bilheteria, que é operada por funcionários das empresas, não tem ninguém. Todas as linhas estão afetadas”, disse o órgão em nota.

Garagem da Viação Satélite, em Cariacica — Foto: Diony Silva/ TV Gazeta

Garagem da Viação Satélite, em Cariacica.

Governo do Estado

O secretário de Transportes e Obras Públicas (Setop-ES), Fábio Damasceno, disse há cerca de 50 ônibus circulando nas ruas na manhã desta segunda. A frota do Sistema Transcol é de 1.500 veículos.

“Estamos aguardando o Sindicato para conversar, estamos à disposição, para uma proposta de melhoria. Nós levantamos 10 aspectos de melhoria para o cobrador, para requalificar, para fazer a reformulação dessa atividade”, falou.

Segundo ele, os empregos estarão mantidos. “Nós garantimos 100% dos empregos. Ninguém será demitido em função da implantação dos ônibus com ar condicionado. Nós vamos assinar o documento que for para comprovar que não vamos demitir ninguém. O que vamos fazer é requalificar esses profissionais para outras atividades”, completou.

Rodoviários cruzaram os braços em protesto na Grande Vitória — Foto: Roberto Pratti/ TV Gazeta

Rodoviários cruzaram os braços em protesto na Grande Vitória.

Novo ônibus com pneu vazio

Um dos coletivos com ar condicionado, que sairia nesta segunda para as ruas, teve o pneu esvaziado pelos rodoviários. Segundo um motorista, os colegas esvaziaram o pneu do coletivo e ainda tomaram a chave dele.

Ônibus teve o pneu esvaziado durante paralisação dos rodoviários na Grande Vitória — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Ônibus teve o pneu esvaziado durante paralisação dos rodoviários na Grande Vitória.

Ônibus municipais

Passageiros também relatam a dificuldade encontrar ônibus municipais de Vitória e Vila Velha. Por nota, a prefeitura de Vila Velha informou que os coletivos não estão circulando por causa do protesto da categoria.

A Prefeitura de Vitória informou que circularam, durante toda a manhã, 24 ônibus do total de 207 da frota municipal, das linhas 331, 211, 071, 072, 103, 121 e 111. As empresas estão em negociação para que mais coletivos circulem ainda nesta segunda-feira.

Aulas mantidas

As aulas nas escolas públicas estaduais da Grande Vitória foram mantidas. A Secretaria de Educação (Sedu) disse que se houver necessidade será feita reposição do calendário letivo.

Nas escolas municipais, as aulas também estão mantidas. Em Cariacica, funciona parcialmente. À tarde, se os ônibus não continuarem a circular, o procedimento será o mesmo.

Em Vila Velha, as aulas acontecem normalmente. Segundo a prefeitura, os alunos da rede são matriculados em unidades próximas às suas casas, mas há profissionais que trabalham nas unidades e moram longe. Se houver algum prejuízo, as aulas serão repostas.

Em Vitória e Serra, todas as escolas também estão abertas.