Home / Esporte / Federação das Associações de Atletas cobra R$ 1,2 milhão do Corinthians na Justiça

Federação das Associações de Atletas cobra R$ 1,2 milhão do Corinthians na Justiça

A Federação das Associações de Atletas Profissionais (FAAP) ingressou com uma ação na Justiça contra o Corinthians cobrando R$ 1,2 milhão.

A entidade, que é responsável por dar assistência social e educacional a atletas profissionais, aposentados e em formação, alega sofrer o calote do Corinthians desde abril de 2016.

A cobrança da FAAP é referente ao 0,5% do salário pago mensalmente a cada jogador que os clubes devem recolher, como determina o artigo 57 da Lei Pelé. De acordo com a Federação, o Timão não fez este pagamento, nem prestou informações à entidade. Para chegar ao valor cobrado, de R$ 1,2 milhão, a entidade se baseou em documentos fornecidos pela CBF.

Procurado, o Corinthians se manifestou por meio de nota oficial, informando “que apesar de haver pendências que estão sendo negociadas com a FAAP (Federação das Associações de Atletas Profissionais), o clube contesta alguns débitos apontados pela entidade.”

O Timão é o único clube acionado judicialmente pela FAAP. Recentemente, a entidade também moveu ações contra Cruzeiro, São Paulo, Palmeiras, entre outros. Além de exigir percentual dos salários, a Federação cobra 0,8% das transferências, com base na Lei Pelé.

O Corinthians atravessa momento financeiro ruim. Nesta semana, o meia Jadson, que teve o contrato rescindido recentemente, afirmou que o Timão ainda não pagou as férias do elenco. O clube vem sofrendo diversas cobranças judiciais e deve apresentar déficit de aproximadamente R$ 170 milhões no balanço de 2019, que deve ser divulgado no mês que vem.

Veja Também

GE Divide Tela: Bruno Alves, do São Paulo, conta casos de racismo “no subconsciente das pessoas”

Bruno Alves, do São Paulo, recebeu malas para carregar de uma desconhecida em um resort durante …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *