Home / SP / Homem vira réu em ação penal por fazer apologia ao nazismo em rede social

Homem vira réu em ação penal por fazer apologia ao nazismo em rede social

Um argelino, de 48 anos, que vive no Brasil, virou réu em um inquérito da Polícia Federal por publicar imagens que fazem apologia ao nazismo no Facebook.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) em outubro deste ano após uma investigação de outros crimes nos quais o réu se envolveu.

As postagens foram realizadas em 2017 e enaltecem o ex-ditador alemão Adolf Hitler. O perfil veiculava símbolos e emblemas da propaganda nazista, como a cruz suástica. Ele utilizava um nome falso no perfil, mas foi localizado a partir do número de telefone vinculado à conta, registrado em São Paulo.

O argelino já cumpre pena de prisão em regime semiaberto em Itaí (SP).

Ele responderá por veiculação da cruz suástica para fins de divulgação do nazismo, crime previsto no artigo 20 da Lei nº 7.716/89, podendo ser condenado a cinco anos de prisão e a pagamento de uma multa.

Veja Também

Influencer tem contas hackeadas nas redes sociais e criminosos aplicam golpe em pelo menos 20 seguidores

Especialista em harmonização facial com mais de 100 mil seguidores no Instagram, o dentista e …