Home / ES / Inspetor penitenciário morto a tiros é enterrado em Vila Velha, ES

Inspetor penitenciário morto a tiros é enterrado em Vila Velha, ES

O corpo do inspetor penitenciário Rodrigo Figueiredo, que morreu dez dias após ter sido baleado enquanto fazia uma trilha no Morro do Moreno, em Vila Velha, foi enterrado por volta das 14h desta quinta-feira (21) no Cemitério Jardim da Paz, em Ponta da Fruta, no mesmo município.

O velório foi acompanhado por familiares, amigos e colegas de profissão da vítima. Muitos vestiram a camisa do Flamengo para homenagear o agente, que era torcedor do time. Abalados, os parentes preferiram não dar entrevista.

Relembre o caso

Rodrigo Figueiredo, de 40 anos, foi atingido por um tiro nas costas durante uma tentativa de assalto no último dia 10, quando fazia um passeio com a namorada e amigos no Morro do Moreno.

Ele foi socorrido e levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, onde permaneceu internado por dez dias. O tiro acertou a coluna do agente, fazendo com que ele perdesse o movimento das pernas.

Rodrigo morreu nesta quarta (10) após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Suspeitos foram presos dois dias após o crime. Pedro Henrique Gomes de Oliveira, de 20 anos, e Tiago Francisco Cristo, de 18, foram reconhecidos por testemunhas e confessaram a participação no crime.

Homenagem

Os amigos de Rodrigo disseram que entraram em contato com a Prefeitura de Vila Velha reivindicando que, em homenagem ao inspetor, uma das trilhas do Morro do Moreno receba o nome da vítima. A Prefeitura disse que vai avaliar a possibilidade.

Veja Também

Carne vendida com lacre de segurança chama atenção em supermercado de Vitória

Consumidores se assustaram na manhã desta terça-feira (2) ao se depararem com lacres de segurança …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *