Home / RJ / Ladrões de ônibus na Baixada atacam até criança vendo desenho no celular

Ladrões de ônibus na Baixada atacam até criança vendo desenho no celular

Passageiros de ônibus que saem de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, afirmam que ladrões à procura de celulares não poupam ninguém — nem crianças.

A dona de casa Alessandra Sampaio estava com a filha de 2 anos voltando da casa de um parente quando um bandido as abordou nesta terça-feira (20).

“Ele falou com a arma em punho: ‘Não quero matar ninguém!’. E minha filha pedindo, ‘Meu desenho! Meu desenho!’”, lembrou. “Minha pressão subiu na hora.”

Alessandra também perdeu a aliança e o dinheiro que tinha na carteira.

A dona de casa Alessandra Sampaio e a filha de 2 anos foram vítimas de ladrões de ônibus — Foto: Reprodução/TV Globo

A dona de casa Alessandra Sampaio e a filha de 2 anos foram vítimas de ladrões de ônibus.

Passageiros e motoristas dizem que os roubos começaram a ser mais frequentes em maio deste ano. Os ataques acontecem de manhã, no sentido Rio, e a tarde e à noite, no sentido Baixada — e sempre no mesmo trecho.

Os criminosos agem em 5 km entre o Posto 13 da Dutra, na altura de Nova Iguaçu, e na altura da Vila Rosali, em São João de Meriti. Quando terminam de roubar um ônibus, cruzam uma passarela, trocam de camisa e atacam outro coletivo. E são violentos.

“Ameaçavam de dar tiro na cabeça, deu tapa na cara das pessoas. Foi horrível”, contou uma vítima.

Nesta terça-feira, à imprensa mostrou que os moradores de Nilópolis também são alvo de ladrões.

Um passageiro disse que só na última semana presenciou três assaltos na linha 420T (Nilópolis-Barra). “Dois que estavam comigo no ônibus falaram que tinham sido assaltados pelos mesmos meninos na terça-feira passada, e no sábado eles vieram assaltar de novo”, afirmou. “Na última, agora, me levaram celular a mochila”, disse.

Veja Também

Polícia investiga desaparecimento de empresário na Zona Oeste do Rio; carro foi achado, diz prima

A Polícia Civil investiga o desaparecimento do empresário Alberto César Romano Júnior, de 33 anos. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *