Home / MG / Morte de Chico Xavier completa 18 anos; projeto com participação do público homenageia médium que viveu em Uberaba

Morte de Chico Xavier completa 18 anos; projeto com participação do público homenageia médium que viveu em Uberaba

A morte de Chico Xavier completa 18 anos nesta terça-feira (30). Ele nasceu em Pedro Leopoldo, mas morou em Uberaba de 1959 até a morte, em junho de 2002. Até hoje, a figura do médium é associada a mensagens de fé, amor e esperança, obras de caridade e divulgação da doutrina espírita mundo afora.

Para homenagear o líder espírita, o Memorial Chico Xavier continua com o projeto “Sua história com Chico”, que foi lançado no início de junho. O intuito é incentivar as pessoas a relatarem momentos especiais que vivenciaram com o médium, seja a partir de experiência concreta ou a partir de inspiração com livros e legado.

Para participar, o interessado deve encaminhar vídeo ou foto relatando a história. O vídeo deve ser gravado na horizontal, começando pela identificação do autor com nome completo e a cidade de onde está falando. As fotos devem ser encaminhadas com texto explicativo do registro.

O material pode ser enviado pelo e-mail suahistoriacomchico@gmail.com ou pelo Whatsapp institucional (34) 3338-3091.

Os vídeos e fotos recebidos serão divulgados nas redes sociais da Fundação Cultural de Uberaba (FCU) e inseridos no acervo do Memorial Chico Xavier, podendo, futuramente, fazer parte das exposições do local. O envio de registros funciona com o consentimento para publicações tanto nas redes sociais quanto em eventos e exposições realizadas no museu.

De acordo com o coordenador do Memorial, o museólogo Carlos Vitor de Souza, a ideia busca suscitar boas recordações e ensinamentos que partem da memória afetiva de cada um nesse momento de extrema reflexão.

“Entendemos que parte da história de Chico Xavier já foi contada em filmes, livros e em diversos espaços que narram sua trajetória. Entretanto, outra parte da sua vida está guardada no coração daqueles que vivenciaram algum momento especial com ele, são essas memórias que queremos resgatar para homenageá-lo”, explicou.

Chico Xavier

Se estivesse vivo, Francisco Cândido Xavier completaria 110 anos no dia 2 de abril de 2020. Ele é considerado um dos maiores médiuns da história, com intensa dedicação à psicografia. Expoente da Doutrina Espírita no Brasil, lançou mais de 400 livros espíritas e cedeu os direitos autorais de todas as obras para instituições de caridade.

Chico Xavier foi indicado ao prêmio Nobel da Paz na década de 1980 e foi eleito O Maior Brasileiro de Todos os Tempos em 2012.

Busto do médium Chico Xavier em Uberaba — Foto: Reprodução/TV Integração

Busto do médium Chico Xavier em Uberaba.

Veja Também

Motorista com sinais de embriaguez tenta atropelar PMs durante perseguição e é preso; policiais atiraram nos pneus

Um motorista com sintomas de embriaguez foi preso durante uma perseguição em Montes Claros, nesse …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *