Home / ES / Polícia prende dois suspeitos de participar de roubo à casa lotérica em Cariacica, ES

Polícia prende dois suspeitos de participar de roubo à casa lotérica em Cariacica, ES

Dois jovens, de 22 e 20 anos de idade, foram presos em flagrante suspeitos de participar do assalto a uma casa lotérica no bairro Bela Aurora, em Cariacica, na Grande Vitória, na última terça-feira (30). Na ocasião, dois assaltantes acabaram sendo mortos após atirarem contra um policial militar que estava de folga e tentou impedir a ação dos criminosos.

As prisões aconteceram na noite desta quarta-feira (1) em uma operação conjunta da Divisão de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio (DRCCP), da Polícia Civil, e da Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp), da Polícia Militar, que conseguiram localizar os indivíduos com o auxílio de denúncias feitas pelo 181.

De acordo com a titular da DRCCP, delegada Rhaiana Bremenkamp, um dos envolvidos, que se vestiu de gari para praticar o assalto, foi encontrado em Zumbi dos Palmares, em Vila Velha. Ele tem 22 anos e afirma ter vindo da Bahia para o Espírito Santo há cerca de dois meses.

Já o outro suspeito, de 20 anos, foi detido no bairro Boa Sorte, em Cariacica, onde morava. Embora não tenha participado no dia do assalto, a polícia afirma que foi ele quem deu fuga ao outro suspeito preso e também forneceu a arma utilizada no crime.

Com eles, a polícia encontrou parte dos R$ 5 mil que foram roubados da lotérica e que haviam sido divididos entre ambos. Foram encontradas também as roupas de gari utilizadas por um dos criminosos.

O crime

O assalto aconteceu na manhã da última terça-feira no momento em que a casa lotérica estava sendo aberta. De acordo com o major Rogério, comandante do Cimesp, o policial militar, que estava de folga, ouviu quando um tiro foi disparado dentro da lotérica.

Quando os três assaltantes, incluindo o jovem vestido de gari, saíram do local, o policial anunciou sua presença e um dos assaltantes atirou em sua direção. O policial, então, revidou.

“Naquele cenário em que ele estava em desvantagem numérica e numa eventual desvantagem de capacidade de fogo, ele neutralizou as ameaças que se apresentavam contra ele. Provavelmente, o terceiro envolvido aproveitou o momento para escapar”, justificou o major Rogério.

Dois dos assaltantes morreram no local. Eles foram identificados como Fernando de Jesus, de 28 anos, e Judson Yuri Nascimento Silva, de 20.

Segundo Rhaiana Bremekamp, todos os quatro envolvidos no roubo atuavam juntos no tráfico de drogas.

“O indivíduo preso que usou o uniforme de gari informou em interrogatório que o assalto foi programado por um deles, que tomava café numa padaria próxima e visualizava o dono da lotérica chegando com malotes naquele horário. Eles resolveram fazer esse assalto, inclusive, porque um deles estava com dívidas no tráfico”, contou a delegada.

O suspeito de 22 anos, que atuou no momento do roubo, foi autuado por tentativa de homicídio, roubo majorado, posse de munição e resistência à prisão.

Já o de 20 anos, que não estava no momento do crime, foi autuado por roubo qualificado e associação para o tráfico.

Veja Também

Dono de ferro-velho encontra granada no meio de sucata e aciona a polícia no ES

Uma granada foi recolhida pelo esquadrão antibombas da Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp) da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *