Home / ES / Polícia prende jovens suspeitos de quatro homicídios na Serra, ES

Polícia prende jovens suspeitos de quatro homicídios na Serra, ES

A Polícia Civil do Espírito Santo prendeu quatro jovens suspeitos de serem os autores de homicídios que ocorreram na Serra entre os meses de abril e maio deste ano. Segundo as investigações, os suspeitos, sendo dois menores de idade, são integrantes de uma facção criminosa que disputa de forma violenta o controle do tráfico de drogas na região ao entorno de Serra Sede.

Os dois menores têm 17 anos, enquanto os outros têm 18 e 19. Eles foram presos na última terça-feira (19), quando um cerco policial foi montando em volta da casa onde estavam no bairro São Marcos, local onde atuam no tráfico.

De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra, Rodrigo Sandi Mori, os suspeitos chegaram a atirar contra os policiais, que revidaram os disparos e efetuaram a prisão. Na casa, foram encontradas drogas e uma submetralhadora de fabricação caseira.

Segundo a polícia, os quatro assassinatos cometidos pelos jovens ocorreram em um período de 30 dias. O último deles foi registrado no dia 17 deste mês, no bairro Santo Antônio. A vítima foi o MC Vitor Pereira, de 21 anos, que caminhava pela rua quando foi baleado.

O MC Vitor Pereira tinha se formado em eletrotécnica no Ifes, no ES  — Foto: Reprodução/ Facebook

O MC Vitor Pereira tinha se formado em eletrotécnica no Ifes, no ES.

Os outros três homicídios, que foram confessados pelos suspeitos na delegacia, ocorreram nos bairros Jardim Guanabara (em 16 de abril); São Marcos (em 22 de abril), e em Santo Antônio (em 24 de abril). Assim como o MC Vitor, as vítimas eram homens jovens.

“Esses três homicídios ocorreram em menos de dez dias. Em todos foram efetuados mais de dez disparos”, pontuou o delegado adjunto da DHPP Serra, Ramiro Diniz.

Além da acusação pelos homicídios, os jovens foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e por tentativa de homicídio contra os policiais da DHPP Serra.

Os maiores de idade também foram autuados por corrupção de menores e já estão cumprindo prisão preventiva no presídio. Já os menores de idade foram internados.

Desarticulação do tráfico

Os quatro jovens apreendidos integram a facção formada por traficantes dos bairros Jardim da Serra, São Marcos e Jardim Bela Vista, na Serra. Eles são rivais da facção que controla os bairros Santo Antônio, Cascata e Colina da Serra.

Conforme explica Rodrigo Sandi Mori, a antiga disputa entre ambas as facções se acirrou nos últimos meses, ocasionando oito mortes entre o início de abril e o dia 17 deste mês, dos quais quatro foram cometidos pelos jovens presos nesta terça.

Os demais também estão sob investigação e em breve os inquéritos serão concluídos, garante a polícia.

Sandi Mori pontua que a Polícia Civil continuará atuando na região para desarticular o tráfico de drogas e, assim, impedir que mais assassinatos aconteçam.

“Já desestruturamos a gangue de São Marcos e agora o objetivo da DHPP Serra é tirar de circulação os indivíduos dos bairros Santo Antônio, Cascata e Colina Serra, que são rivais dos indivíduos que presos na terça-feira. Com o enfraquecimento das duas facções que brigam pelo domínio do tráfico, iremos reduzir consideravelmente os homicídios que estão ocorrendo na região, tirando a paz social e a tranquilidade dos moradores”, explicou Sandi Mori.

Veja Também

Ufes decide manter calendário acadêmico de 2020

A Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) decidiu manter o calendário acadêmico de 2020, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *